Puritan's Pride
Product ID: 864
New In stock
Açafrão Curcumina 500mg 180 Cápsulas Puritans Cúrcuma

Açafrão Curcumina 500mg 180 Cápsulas Puritans Cúrcuma

Marca: Puritan's Pride Referência: 864


Por:
R$ 90,00

ou 10x de R$ 10,79 com juros
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

# CÚRCUMA CURCUMINA 500mg 180 CAPSULAS

# VALIDADE SUPERIOR A 2 ANOS!

A cúrcuma ou açafrão é o tempero que dá ao Curry, famosa especiaria indiana, a cor amarela, o aroma e o sabor característicos. Ela é usada na Índia e por diversas tribos indígenas há milhares de anos como especiaria e também como erva medicinal.

Pesquisas recentes reafirmaram o que os antigos já sabiam: a cúrcuma realmente contêm substâncias com propriedades medicinais. São compostos chamados curcuminóides, o mais importante dos quais é a curcumina.

A curcumina é o principal ingrediente ativo do açafrão. Ela possui efeitos anti-inflamatórios potentes e é um antioxidante muito eficiente.

A cúrcuma é um poderoso anti-inflamatório muito efetivo para o tratamento de doenças inflamatórias como artrites, tendinites e machucados em geral. A planta também é um excelente purificador do sangue efetivo também no controle do colesterol. Os chineses a usam nos seus tratamentos medicinais há mais de quatro mil anos e seu consumo é bastante seguro.

É a curcumina que dá ao açafrão a propriedade anti-inflamatória e seu caráter preventivo em relação ao câncer.

A curcumina contem uma mistura de antioxidantes fitonutrientes fortes, conhecidos como os curcuminoides, e que tem sido descrita como tendo propriedades anti inflamatórios

Vale ressaltar que os curcuminóides são as substancia que tem esta propriedade poderosíssima anti-inflamatório e são encontrado em média 2 a 5% na cúrcuma também chamado açafrão-da-Índia (Curcuma longa)
São os cucurminoides que lhe conferem a cor amarelo alaranjada típica: a curcumina (77%), a demetoxicurcumina (17%) e a bisdemetoxicurcumina (3%)
A maioria dos estudos sobre esta erva usam
extratos de cúrcuma, que contêm principalmente a cucurminoides, com dosagens geralmente superior a 1 grama por dia. Seria muito difícil chegar a esses níveis usando apenas o tempero de açafrão em seus alimentos.
Portanto, se você quiser experimentar os efeitos completos, então você precisa tomar um extrato que contém quantidades significativas de cucurminoides que o principal deles é a curcumina.

Infelizmente, a curcumina é fracamente absorvida para a corrente sanguínea. Mas os cientistas descobriram que o consumir pimenta preta que contém piperina ajuda a aumenta a absorção de curcumina por 2.000 %.

A maioria dos estudos que utiliza extratos de cúrcuma, são padronizados para incluir grandes quantidades de curcuminóides
Desta forma para ter um resultado esperado deve saber quanto de curcuminóides que o principal dele é a curcumina.

Veja os 10 Benefícios do Cúrcuma

1) Ajuda a aliviar articulações inflamadas e dores artríticas:
Em 2012, uma pesquisa foi feita pelo Centro Médico Nirmala, Índia ao descobrir o componente curcumina, falaram que pode ser bem mais eficaz do que o próprio remédio para artrite. A curcumina atinge a causa da doença, o inflamatório e ao invés de apenas ?fingir? o combate dos sintomas, ela age para eles sumirem.
Ela também pode ser útil para efeitos secundários como náuseas ao sangramento, que pode ser comum. A curcumina supri pelo menos cinco fatores dentro do corpo humano que ajuda a inflamação e o dano articular.

2) Ajuda na digestão:

Há vários sintomas que podem prejudicar o estômago, como flatulência, gases, náuseas, problemas digestivos e entre outros. A cúrcuma estimula produção de bílis no fígado, o que melhora na hora da digestão. Também pode ser indicado que pode reduzir sintomas de gás e inchaço para pessoas susceptíveis a indigestão.

3) Alivia eczema e coceira:

Um estudo foi publicado pela revista de Arquivos de Plantas, descobrindo que a cúrcuma (açafrão da terra) pode dar um alívio imenso às afecções da pele devido a sua ação anti-inflamatória e anti-bacteriana. A curcumina é um componente ativo que pode ser aplicado nas regiões irritadas, assim reduzindo-as.

4) Combate a depressão e ajuda a melhorar a saúde cognitiva:

A curcumina tem capacidade de provocar o crescimento de células novas na região do cérebro, o que torna um potencial de maior tratamento e a medida preventiva contra a depressão. A curcumina também pode ajudar a modular a liberação de certos neurotransmissores no cérebro. A dopamina é um deles e está associada com os sistemas de recreio e recompensa do cérebro, o que conduzem a sensações de prazer e motivação.

5) Contém substâncias anti-cancerígenas:

Um estudo foi realizado pelo Instituto de Pesquisa do Câncer de Jiangsu, na China. Foi encontrado um componente ativo chamado curcumina que é da Cúrcuma, que foi responsável por resultados favoráveis em que o câncer é revertido.

6- Cúrcuma pode ajudar a prevenir e até mesmo tratar alguns tipos de câncer

O câncer é uma doença caracterizada pelo crescimento descontrolado de grupos de células no organismo. Pesquisadores afirmam que a ingestão de cúrcuma pode interferir bloqueando o crescimento, o desenvolvimento e a propagação do câncer em nível molecular nas células.
Acredita-se que as funções antioxidantes da curcumina agiriam protegendo as células do cólon, da próstata, da mama, da pele, entre outros órgãos, dos radicais livres que podem danificar o DNA celular. No caso destes órgãos, a renovação celular é bastante rápida, o que os torna mais sensíveis à ocorrência de câncer. Isto se explica porque há uma replicação celular frequente e com isso a possibilidade de mutações no DNA também aumenta e pode resultar na formação de células cancerosas.
Um estudo americano de 2007 combinou a curcumina com a quimioterapia para o tratamento de câncer de intestino em células de um laboratório. Os resultados mostraram que o tratamento combinado matou mais células cancerosas do que a quimioterapia sozinha.
A curcumina também ajuda o corpo a destruir as células cancerosas que já sofreram mutação evitando que se espalhem através do corpo na forma de metástase. Esta ação se dá através do reforço da função hepática e da inibição da síntese de uma proteína que colabora na formação de tumores fornecendo sangue adicional necessário para o crescimento das células destes.
Novos estudos ainda estão sendo desenvolvidos para provar que doses elevadas de curcumina podem ajudar a tratar o câncer em seres humanos, no entanto, há evidências de que sua ingestão pode ajudar a prevenir a ocorrência do câncer especialmente do sistema digestivo. Num estudo com 44 homens com lesões no cólon que, por vezes, se tornam cancerosas, foram dadas quatro gramas de curcumina por dia, durante 30 dias. Observou-se uma redução de 40% do número de lesões nos pacientes.

7- Pacientes com artrite respondem muito bem à suplementação com curcumina

A artrite é um problema comum nos países ocidentais. Existem vários tipos diferentes, mas a maioria envolve algum tipo de inflamação nas articulações. Dado que a curcumina é um potente anti-inflamatório e age também contra a dor, ela poderia ajudar no tratamento contra a artrite.

Também pela sua ação antioxidante, a curcumina é capaz de neutralizar os radicais livres, substâncias químicas que podem viajar através do corpo e causar grandes danos às células saudáveis e suas membranas celulares. Isto é importante em doenças como a artrite, onde os radicais livres são responsáveis pela inflamação das articulações que geralmente causa dor e danos em sua estrutura. Por este motivo, pessoas com doenças nas articulações encontrar alívio quando usam o tempero regularmente.

Em um estudo recente entre pacientes com artrite reumatoide, compararam a curcumina com fenilbutazona e perceberam que as pessoas que receberam curcumina tiveram melhorias mais significativas em relação à rigidez matinal e a capacidade de caminhar, além de diminuição do inchaço das articulações.

8) Previne o diabete tipo 2:

Um estudo foi publicado no Jornal Diabetes e concluiu que a curcumina pode ajudar na prevenção de pessoas que estavam pré-diabéticos, com probabilidades de se tornarem diabéticos. Nove meses depois, 16,4% que foram diagnosticados com diabetes tipo 2, e ingeriram a curcumina o que melhorou a função global de células únicas dentro do pâncreas responsáveis pela produção, armazenamento e libertação de insulina. Já os que foram diagnosticado com a doença e não ingeriu a curcumina, continuou o desenvolvimento da doença.

9) Tratamento potencial para a doença de Alzheimer:

A inflamação crônica das células nervosas é um dos fatores que contribuem para a doença de Alzheimer. A curcumina pode inibir algumas enzimas e substâncias químicas que causam inflamações, problemática inferior. A acumulação de proteínas formam a placa dentro do cérebro e impossibilita as vias de comunicação dentro do cérebro. Ingerindo a curcumina a absorção e ingestão de placas funciona com mais eficiência.

10) Funciona como cicatrizante

A cúrcuma contém propriedades antissépticos e antibacterianas que funciona como agente desinfectante. Em caso de queimadura ou corte, espalhe o pó de cúrcuma na região afetada. Cúrcuma também ajuda a cicatrizar melhor e pode ser usado para tratar psoriase ou outras inchações de pele.

# CASO AINDA TENHA ALGUMA DUVIDA CONSULTE UM ESPECIALISTA NA ÁREA.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características